Blog imobiliário
Veiga Junior

Tipos de investimentos

16/10/18

Esqueça o "poupar dinheiro", o negócio é investir! Seria um sonho se seu dinheiro trabalhar para você né? É sonho para quem não investe, para quem faz isso é REALIZAR!

Investir significa otimizar seus ganhos fixos, aumentar a renda, manter o dinheiro rendendo para você, por isso o blog da Veiga vai dar umas explicações e dicas sobre investimento.

Existem diversos tipos de investimentos, e não é que um é melhor que outro, cada um tem seu pró e contra. O que vai qualificá-lo como melhor é suas necessidade, metas e investimento.

Tempo de investimento

Os três tipos de investimento são em função do tempo: curto, médio e longo prazo.

Investimento de até 2 anos são considerados curto prazo, entre 2 e 5 anos são médio prazo, o tempo já começa a ser um aliado dos resultados, e de longo prazo é de 5 anos em diante, que são investimento para garantir segurança do valor investido e fazer o tempo valorizar mais o dinheiro.

Renda Fixa X Renda Variável

As classificações de investimentos são duas, renda fixa e variável. Nos investimentos de renda fixa você consegue mensurar o valor da rentabilidade conforme o prazo estabelecido. Por serem mais seguros e conseguimos medir esses valores. São eles poupança, fundos de investimento, Tesouro Direto e outros.

Renda variável são investimentos de alto risco, por isso seus ganhos podem ser maiores ou menores. Não é tão assertivo o valor do ganho nesses investimentos. São eles ações, fundos imobiliários e outros.

Vamos explicar alguns dos tipos de investimentos para você entender melhor e analisar quais são as melhores opções para fazer seu dinheiro render!

Poupança

É o mais antigo e seguro investimento do mercado financeiro. É indicada para os perfis mais conservadores pois sua taxa de retorno é fixa de 0,5% ao mês mais a Taxa Referencial (TR), que é calculada diariamente pelo governo. Seu principal contra é a baixa rentabilidade, até em anos, mas como falamos, pode ser a opção ideal para sua necessidade.

Fundos de investimento

De maneira simples o fundo de investimento funciona como um condomínio, onde cada comprador adquire uma cota (apartamento), paga a mensalidade de cuidados e tem umas regras para ser seguidas. E a cota por sua vez é o que compõe o patrimônio total do fundo.

O fundo é responsabilidade de um gestor que tem bastante noção de estratégia de investimentos avançadas, por isso é um investir de maneira simples em algo complexo.

O ideal é que você para esse e outros investimentos procure uma corretora de valores para fazer as transições e te ajudar.

Tesouro Direto

Investir no Tesouro é possuir um título público de renda fixa. Por conta da sua segurança e rentabilidade ele é um dos "queridinhos".

De maneira geral existem dois tipos que são o pré-fixado e o pós-fixado, que um não pode ser mexido e retirado antes do prazo.

O que devemos tomar cuidado na hora de investir no tesouro é comprar os títulos no prazo que você realmente precisa. Não adianta você comprar um título de 10 anos se está contando com esse dinheiro em 5 anos.

Ações

Comprar ações é um investimento complexo, delicado e variável. Ter uma ação é comprar parte de uma empresa, ser sócio, correr riscos tomar eventuais prejuízos, mas se bem feito e pensado você pode render MUITO dinheiro.

De todos os investimentos é o que mais precisa ser acompanhado, pensado e ter muito conhecimento da bolsa de valores e do mercado. Então antes de aventurar-se nisso, estude muito!

Agora que você tem uma base sobre investimento é hora de organizar suas finanças e deixar de poupar para investir!

Voltar ao Blog

Contato

Escolha uma forma de contato e fale conosco

Copyright © 2017 - Veiga Junior Empreendimentos Imobiliários

Desenvolvido por: Agência D1UP