Blog imobiliário
Veiga Junior

O que é melhor: gesso comum ou drywall?

20/02/18

Você está fazendo a reforma da casa e de cara aparece a questão que não quer calar: qual revestimento é melhor? Gesso comum ou drywall? Sabemos que os dois cumprem a função de esconder fiações, tubulações e luminárias embutidas, além de diminuir o pé-direito dos ambientes, mas qual traz o melhor custo-benefício?

Gesso

O gesso comum é o revestimento mais famoso no Brasil, com suas placas de 60x60cm ideais para residências. Com elas é possível criar composições decorativas utilizando molduras do mesmo material, dando aos cômodos muito mais refinamento. Como as placas possuem espessura um pouco mais grossa que o drywall, os resultados de conforto térmico e acústico são mais agradáveis. Além disso, o gesso custa cerca de metade do preço do seu concorrente.

Suas desvantagens são o fato de não suportar muito peso e correr o risco de mofar, estando também sujeito a amarelamento e rachaduras com o passar do tempo. A instalação produz bastante sujeira e o tempo de secagem da massa é demorado, o que pode atrasar o andamento da obra.

Drywall

O drywall consiste em placas de gesso de 120x140cm revestidas por papel acartonado, que são parafusadas em estruturas metálicas. São aplicáveis em qualquer superfície e ajudam no ganho de área útil em um imóvel, tudo por ser uma estrutura fina e adaptável. Sua instalação é rápida e prática, quase não deixando sujeira pelo caminho.

Os problemas com amarelamento e trincas acontecem com mais dificuldade, tendo o drywall um tempo de secagem do material acelerado. Possui grande resistência a umidade e ao peso, e é a melhor opção para esconder instalações elétricas e hidráulicas. É bem conhecido por sua utilização em cinemas e casas de shows devido a suas propriedades termoacústicas.

Qual é a sua escolhida? :)

Fonte das imagens: Casa.com.br

Voltar ao Blog

Contato

Escolha uma forma de contato e fale conosco

Copyright © 2017 - Veiga Junior Empreendimentos Imobiliários

Desenvolvido por: Agência D1UP