Blog imobiliário
Veiga Junior

Conheça melhor as fitas de LED e suas possibilidades

29/09/17

Quando falamos em aliar decoração a iluminação, qual é a primeira coisa em que você pensa? Se for a fita de LED, cá está o assunto do post de hoje. Por ser extremamente versátil e de fácil utilização, este elemento decorativo acabou se tornando uma forte tendência nas casas e apartamentos, e quando bem aplicado seu resultado se torna digno de aplausos. Mas o que você deve saber antes de se arriscar no mundo das fitas de LED?

Versatilidade

A sua maior vantagem é, com certeza, poder ser instalada em qualquer cantinho, o que inclui prateleiras, bancadas, nichos, sancas, racks... literalmente qualquer lugar. Além disso, ela não emite radiação ou calor, o que significa que tecidos não serão danificados e a temperatura do ambiente não sofrerá alteração.

Durabilidade

As fitas de LED são acessórios muito duráveis: feita com materiais de boa qualidade, sobrevive bem por 50 a 100 mil horas (ou seja, 10 anos!), enquanto os de baixa qualidade perduram por bem menos tempo. Vale a pena investir em algo melhor, né?

Praticidade

Elas são vendidas em rolos de 1 a 5 metros, mas você pode facilmente cortar apenas a metragem que precisa, ou até mesmo emendar a fita em outras. Há, ainda, dois tipos de LED – um deles possui apenas uma cor, e o outro chama-se RBG. Este último é controlado por um controle remoto e permite a você mudar a cor, o ritmo e a intensidade da luz, dentre várias opções.

Você encontrará à venda fitas com duas alternativas de revestimento, sendo elas o silicone e o epóxi. Porém o silicone é sempre mais indicado, porque ele não fica amarelado nem danifica com o tempo. Para a instalação, é necessário também adquirir uma fonte (driver) com potência de 10% a 15% superior à das lâmpadas. Não deixe de se atentar a isso!

Segurança

Caso você deseje utilizar a fita de LED em algum ambiente no qual o perigo de ela molhar seja iminente, você pode procurar aquelas que possuem algum tipo de blindagem. Se ela for IP20, não há proteção contra água; se for IP65, há proteção intermediária; já se for IP68, é ideal para locais submersos, como piscinas.

Facilidade

A instalação é muito simples: as fitas são autoadesivas, o que já facilita muito o seu trabalho. Basta conectar a saída da fonte aos terminais da fita LED e liga-la na tomada! E uma última dica: há polaridade nos acessórios, mas mesmo que a inversão ou troca dos polos não provoque danos graves, é sempre importante prevenir tais falhas, certo?

Voltar ao Blog

Tags

led
mdf
mdp
pet
sac
Web

Contato

Escolha uma forma de contato e fale conosco

Copyright © 2017 - Veiga Junior Empreendimentos Imobiliários

Desenvolvido por: Agência D1UP